Tratamento de dependentes químicos gratuito em São Paulo

Clínicas de recuperação

Tratamento de dependentes químicos gratuito em São Paulo. Entidades, grupos de apoio e clínicas de recuperação que oferecem tratamento de dependentes químicos gratuito em SP. Conheça a rede de atenção à dependentes químicos disponível no estado de São Paulo!

 

Tratamento de dependentes químicos gratuito em São Paulo

A prefeitura de São Paulo em parceria com o Conselho Municipal de Políticas Públicas de Drogas e Álcool (Comuda) e com a Coordenadoria de Atenção às Drogas (CDR) fizeram um levantamento de entidades, grupos de apoio e clínicas de recuperação que oferecem tratamento de dependentes químicos gratuito e particular na cidade de São Paulo. Em São Paulo é possível encontrar diferentes tipos de serviços para atenção e tratamento de dependentes químicos.

Também é possível encontrar unidades de atenção à dependentes químicos em todo o Estado de São Paulo.

CAPS – AD – Centro de Atendimento Psicossocial – Álcool e Drogas

Assistência de pessoas portadoras de doença mental. No caso da dependência química existem os CAPS-AD que possuem atendimento profissional gratuito. Na capital, São Paulo, existem pelo menos 15 unidades de CAPS-AD.

Tratamento de dependentes químicos gratuito em São Paulo

Universidade do Estado de SPUNIAD – Unidade de pesquisas em Álcool de Drogas daUniversidade Federal de São Paulo

Realiza tratamento ambulatorial direcionado aos dependentes químicos, familiares e apoiadores sociais.

Contato SP – (11) 5575-1708 ou www.uniad.org.br

Hospital Dia ou Casa Dia

Instituição sem fins lucrativos que tem como objetivo recuperar dependentes químicos.Contato SP – (11) 2671-7332 ou www.casasp.org

Grupos de Apoio

Alcoólicos Anônimos (A.A)

Irmandade de homens mulheres que compartilham experiências entre si com o propósito de ajudar a buscar a recuperação do alcoolismo.

Contato Central SP – (11) 3315-9333 ou www.alcoolicosanonimos.org.br

AAESP – Associação Antialcoólica do Estado de SP

Entidade filantrópica para ambos os sexos, que difunde os princípios do A.A e oferece tratamento para dependentes químicos.

Contato SP – (11) 3106-0694 ou www.aaesp.org.br

Al-Anon

Associação de homens e mulheres que compartilham experiências para solucionar problemas comuns por terem parentes ou amigos alcoolistas. Existe também o AlaTeen.Contato SP – (11) 3331-8799 ou www.al-anon.org.br

Amor Exigente

Organização sem fins lucrativos que faz reuniões com pais, familiares e educadores que convivem com dependentes químicos. Dá apoio à família do dependente.

Contato Campinas – (19) 3252-2630 ou www.amorexigente.org.br

N.A – Narcóticos Anônimos

Derivado do A.A, pessoas compartilham experiências entre si a respeito da dependência química, visando a recuperação dos mesmos.

Contato SP – (11) 3101-9626

NAR-ANON

Trabalha com o método dos 12 passos e é um grupo para ajudar familiares e amigos de dependentes químicos para se recuperarem emocionalmente. Grupo de mútua-ajuda.

Contato SP – (11) 3227-8983 ou www.naranon.org.br

Entidades Sem Fins Lucrativos

 

Pastoral da Sobriedade

As reuniões baseiam-se nos doze passos e também nos princípios religiosos, de acordo com os mandamentos da igreja. A pastoral atua na prevenção, intervenção, recuperação, reinserção e atuação política. Outras entidades oferecem serviços de tratamento para dependentes químicos e de atendimento à família. Se você busca conhecer outras clínicas de tratamento de dependentes químicos gratuitas em SP, basta acessar o Guia Clínicas de Recuperação e realizar sua busca por estado e depois município.

Busque ajuda!
como vencer as drogas

COMO VENCER AS DROGAS

E-book com 7 práticas diárias para VENCER a desintoxicação, SUPERAR os sintomas de abstinência e se LIBERTAR das drogas.

Neste e-book, você vai aprender como vencer as drogas, através de várias técnicas aplicadas nos melhores métodos de tratamento da dependência química. O processo terapêutico, dividido em 3 etapas, vai ajudar você a conhecer a dependência química, como ela age no organismo, como superar a fase de desintoxicação e os sintomas de abstinência e aplicar 7 práticas diárias para se libertar das drogas.

Qualquer pessoa pode aplicar essas práticas para se libertar das drogas

  • Adequado para todos os tipos de dependência
  • Sintomas de abstinência desaparecem através da mudança de hábitos
  • Práticas diárias que melhoram a qualidade de vida
  • Consultoria online esclarecendo dúvidas e orientando sobre como agir em situações específicas

Compra 100% Segura

Produto Revisado e Aprovado

Entrega via e-mail

Você receberá tudo pelo seu e-mail.


Share

132 comments on “Tratamento de dependentes químicos gratuito em São Paulo

  1. Meu nome é Renato tenho 21 anos uso drogas a 12 anos fumo cigarro e bebidas alcoólicas… Quero para com tudo isso através dessa clínica as drogas tirou meus controles eu dependo da droga quero ajuda e espero que possam me ajudar

    • Olá tudo bem?

      você pode procurar por clínicas conveniadas pelo Programa Recomeço que são gratuitas. Você pode ligar nesse número para saber mais e onde buscar um comunidade perto da sua região:
      DISQUE RECOMEÇO
      TRATAMENTO PARA DEPENDÊNCIA QUÍMICA 0800-2272863 ATENDIMENTO DAS 8H ÀS 18H

  2. Olá,Bom dia tenho Primo adolescente q usa drogas e desesperada eu e minha família estamestamos procurando uma clínica para ele e ele quer ser internado

  3. Olá Daiane, tudo bem? Obrigado pelo seu comentário!
    Primeiramente é importante que ele tenha o desejo de parar para iniciar um programa terapêutico. Existem diversas modalidades de tratamento, com internação e sem internação. Com internação existem as clínicas e as comunidades terapêuticas, algumas são pagas e outras gratuitas. Sem internação existem os grupos de apoio como N.A. (Narcóticos Anônimos) e o CAPS – AD. Se precisar de algum endereço e mais orientação, entre em contato conosco pelos formulário de contato clicando nesse link: https://sossobriedade.com.br/contato/

  4. Ola meu nome é marli …tenho um filho dependente do alcool …não sei mais oque fazer por favor me ajudem ..a cada dia ele fica pior chega alcoolizado não se alimenta cai dentro de casa e nas ruas moro no interior de SP.

    obrigada !!!!

    • Olá Diana, tudo bem? De que região você é?

      Somos da região de Avaré, interior de SP, caso vc não seja desta região vc pode entrar em contato com o Programa Recomeço para ver se tem uma instituição mais próxima de vc.

  5. Ola meu é Gabriellle tentei entrar em contato com o número acima porém só chama e hj dia 27/01/2018 quando atenderam, desligarm o telefone na minha cara, pensei q tivesse caido a ligação e tentei retornar inumeras vezes porém ninguém mais atendeu, deixando claro a má vontade do atendimanto.
    Acho q deveriam ter mais respeito e não ficar iludindo familias desesperadas e embolsando dinheiro público, aliás o nosso dinheiro.

    • Olá Gabrielle tudo bem? Obrigado pelo seu comentário!
      O SOS Sobriedade não é uma instituição de tratamento, nós oferecemos informações de outras instituições. Mas me passa o nome da instituição que fez isso que vou fazer uma reclamação pessoalmente e excluí-la do site.

  6. Boa tarde,meu irmão e usuário de droga e álcool, mas não que ajuda,queria internar ele,mas não temos condições de pagar uma clínica, gostaria de saber se tem alguma clínica que faz a intervenção sem ele quer e gratuita,pq ele está no estágio de agredir minha mãe verbalmente…

    • Olá Liliane, obrigado pelo seu comentário!
      Clínicas involuntárias normalmente são pagas e existem regras para este tipo de internação:
      A Lei 10.216/2001 define três modalidades de internação psiquiátrica:
      a) internação voluntária: aquela que se dá com o consentimento do usuário;
      b) internação involuntária: aquela que se dá sem o consentimento do usuário e a pedido de terceiro;
      c) internação compulsória: aquela determinada pela Justiça.

      Internação voluntária
      A pessoa que solicita voluntariamente a própria internação, ou que a consente, deve assinar, no momento da admissão, uma declaração de que optou por esse regime de tratamento. O término da internação se dá por solicitação escrita do paciente ou por determinação do médico responsável. Uma internação voluntária pode, contudo, se transformar em involuntária e o paciente, então, não poderá sair do estabelecimento sem a prévia autorização.

      Internação involuntária
      É a que ocorre sem o consentimento do paciente e a pedido de terceiros. Geralmente, são os familiares que solicitam a internação do paciente, mas é possível que o pedido venha de outras fontes. O pedido tem que ser feito por escrito e aceito pelo médico psiquiatra.
      A lei determina que, nesses casos, os responsáveis técnicos do estabelecimento de saúde têm prazo de 72 horas para informar ao Ministério Público do estado sobre a internação e os motivos dela. O objetivo é evitar a possibilidade de esse tipo de internação ser utilizado para a cárcere privado.

      Internação compulsória
      Nesse caso não é necessária a autorização familiar. A internação compulsória é sempre determinada pelo juiz competente, depois de pedido formal, feito por um médico, atestando que a pessoa não tem domínio sobre a própria condição psicológica e física. O juiz levará em conta o laudo médico especializado, as condições de segurança do estabelecimento, quanto à salvaguarda do paciente, dos demais internados e funcionários.
      Fontes: Lei 10.216/2001, Ministério da Justiça; Associação Brasileira de Psiquiatria; Cartilha Direito à Saúde Mental,
      do Ministério Público Federal e da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão; governo do estado de São Paulo

  7. Olá tenho um irmão que é usuário de drogas (crack)eu , e minha família queremos ajudar ele a sair dessa você pode me ajudar? moramos em São paulo (capital)

    • Olá Edvan, tudo bem? Obrigado pelo seu comentário! Como você mora em São Paulo, sugiro que você procure o Cratod (Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas). Com certeza eles vão ajudar você! No Cratod eles podem disponibilizar para o seu irmão Programa Recomeço que é totalmente gratuito, entre outros programas de tratamento:

      Cratod: R. Prates, 165, Bom Retiro Fone:11.3329.4455 E-mail:cratod@saude.sp.gov.br
      Programa Recomeço: Rua Helvétia, 127 – Campos Elíseos, São Paulo – SP, 01215-010 Telefone: 0800 227 2863

  8. Boa tarde meu nome e sandra tenho ex marido usuário de cocaina preciso de ajuda para interna lo esta muito agressivo e surtado meu caso esta no forum devido as agressões ja esta morando na rua e esta desposto a se enternar os pais ja o abandonou e ele tem a mim apenas para ajudalo a enternar mais nao tenho como pagar preciso de ajuda urgente obrigado

  9. Boa noite,sou a Simone tenho 42 anos e sou dependente de álcool,fiquei internada 30 dias pois meu plano só sobre os isso o que não foi suficiente suficiente,perdi tudo,preciso de ajuda e ser internado de novo mas meu plano não cobre mais dias,o que poderia fazer pra me ajudar?

    • Olá tudo bem? Você pode solicitar ajuda na secretaria do município, e eles podem encaminhar para um tratamento gratuito pelo Programa Recomeço.

    • Olá tudo bem? Você pode procura o Cratod que eles encaminham para tratamento gratuito pelo Programa Recomeço:
      Venha conhecer o CRATOD R. Prates, 165, Bom Retiro Fone:11.3329.4455 E-mail:cratod@saude.sp.gov.br

  10. Boa tarde sou dependente químico ( cocaína) não aguento mais ficar vida quero ajuda perdi TD quero voltar a viver me ajuda por favor já pensei até em me matar não aguento mais por favor

    • Olá tudo bem? Você pode entrara em contato com o CRATOD em São Paulo. Lá eles encaminham para um tratamento gratuito pelo Programa Recomeço:
      CRATOD R. Prates, 165, Bom Retiro Fone:11.3329.4455 E-mail:cratod@saude.sp.gov.br

    • Olá tudo bem? Você pode entrara em contato com o CRATOD em São Paulo. Lá eles encaminham para um tratamento gratuito pelo Programa Recomeço:
      CRATOD R. Prates, 165, Bom Retiro Fone:11.3329.4455 E-mail:cratod@saude.sp.gov.br

  11. Boa tarde. Preciso de ajuda. Tenho uma filha com 16 anos que é dependente de álcool e drogas. Onde posso procurar ajuda, sou da cidade de São Paulo capital

    • Olá tudo bem? Você pode entrara em contato com o CRATOD em São Paulo:
      CRATOD R. Prates, 165, Bom Retiro Fone:11.3329.4455 E-mail:cratod@saude.sp.gov.br

  12. Ola tenho um irmão de 28anos dependente químico, está em um estágio de depressão e falando muito em suicídio, preciso de ajuda, a família já está sem estrutura emocional, já tentamos o NA mas não foi o suficiente, precisamos de uma internação, somos de Guaianazes Sp.

    • Olá Katia, tudo bem? Você pode entrara em contato com o Cratod para eles encaminharem ele para um tratamento gratuito:
      CRATOD R. Prates, 165, Bom Retiro Fone:11.3329.4455 E-mail:cratod@saude.sp.gov.br

  13. Boa noite!!! Preciso de ajuda para poder ajudar um rapaz que se encontra em situação de rua, devido o uso de drogas, perdeu tudo… Ele é um bom rapaz e está dormindo nas praças próximo a minha casa, ontem a noite me pediu ajuda, disse que precisa de ajuda para se curar do uso de drogas, mas sozinho disse que não consegue, eu não tenho condições de pagar uma clinica para interná-lo, mas gostaria imensamente de ajudar, queria ver qual a possibilidade de conseguir uma internação para ele, ele tem 29 anos, é bem apessoado, anda com sua bolsa de roupas para todo lado, é muito triste ver pessoas assim, em situação de rua e mais triste ainda é querer ajudar e não ter condições, por isso recorri a vcs, vou deixar meu telefone e email, quaisquer ajuda que puderem me dar, auxilio será muito bem vindo. Meu nome é Atilma, sou de SP – capital
    Fico no aguardo, obrigada!

    • Olá Atilma, tudo bem? Você pode entrara em contato com o Cratod, pois eles encaminham ele para um tratamento gratuito:
      CRATOD R. Prates, 165, Bom Retiro Fone:11.3329.4455 E-mail:cratod@saude.sp.gov.br

  14. Tenho tio alcoólatra moramos juntos na casa que era de minha avó, não trabalha e passa o dia no bar, não toma banho e nem controla as necessidades fisiológicas.
    Sou diarista e trabalho para sustentar meus três filhos e ele, o mesmo humilha meus filhos na minha ausência.
    Anos nesta situação e o pior o cheiro ruim dele vem de dentro!

  15. Meu nome e jessica meu irmao Era um menino maravilhoso tem 1 filha e uma esposa que o apoua mais as Drogas e a bebida ja ta acabndo com tudo eu mminhas irmaos meus pais ja nao sabemos oque faser ele ta agresivo ja agredio meu pai a esposa ja deixo a filha sozinha em casa nao podemos mais confiar nele somos de sao paulo zn sul Grajau oque posso faser ?

    • Olá Jessica, tudo bem?

      A Lei 10.216/2001 define três modalidades de internação psiquiátrica:
      a) internação voluntária: aquela que se dá com o consentimento do usuário;

      b) internação involuntária: aquela que se dá sem o consentimento do usuário e a pedido de terceiro;

      c) internação compulsória: aquela determinada pela Justiça.

      Internação voluntária
      A pessoa que solicita voluntariamente a própria internação, ou que a consente, deve assinar, no momento da admissão, uma declaração de que optou por esse regime de tratamento. O término da internação se dá por solicitação escrita do paciente ou por determinação do médico responsável. Uma internação voluntária pode, contudo, se transformar em involuntária e o paciente, então, não poderá sair do estabelecimento sem a prévia autorização.

      Internação involuntária
      É a que ocorre sem o consentimento do paciente e a pedido de terceiros. Geralmente, são os familiares que solicitam a internação do paciente, mas é possível que o pedido venha de outras fontes. O pedido tem que ser feito por escrito e aceito pelo médico psiquiatra.
      A lei determina que, nesses casos, os responsáveis técnicos do estabelecimento de saúde têm prazo de 72 horas para informar ao Ministério Público do estado sobre a internação e os motivos dela. O objetivo é evitar a possibilidade de esse tipo de internação ser utilizado para a cárcere privado.

      Internação compulsória
      Nesse caso não é necessária a autorização familiar. A internação compulsória é sempre determinada pelo juiz competente, depois de pedido formal, feito por um médico, atestando que a pessoa não tem domínio sobre a própria condição psicológica e física. O juiz levará em conta o laudo médico especializado, as condições de segurança do estabelecimento, quanto à salvaguarda do paciente, dos demais internados e funcionários.

  16. Boa tarde, venho atraves deste site pedir ajudaaaaa pro meu sobrinho ele é dependente quimico moramos em sp na região ZN preciso urgente de uma clinica so posso pagar por mês R$ 500.00 numa clinica particular trabalho dobrado pra conseguir pagar esse valor mensal me ajudem por favor obrigada.

    • Olá Adriana, tudo bem? Você pode ir ao Cratod que eles encaminham o seu irmão para um tratamento pelo Programa Recomeço, que é gratuito, segue endereço, email e telefone:

      CRATOD R. Prates, 165, Bom Retiro Fone:11.3329.4455 E-mail:cratod@saude.sp.gov.br

  17. Boa noite, tenho um irmão dependente de drogas (crack) ele quer parar de usar mas não consegue, não temos condições de pagar uma clínica, por favor me indique um local onde eu possa conseguir ajuda, somos de parelheiros

    • Olá Douglas, tudo bem? Se você for da capital, você pode ir ao Cratod que eles encaminham o seu irmão para um tratamento pelo Programa Recomeço, que é gratuito, segue endereço, email e telefone:

      CRATOD R. Prates, 165, Bom Retiro Fone:11.3329.4455 E-mail:cratod@saude.sp.gov.br

  18. Boa tarde, preciso de ajuda para encontrar um centro de tratamento para alcoólatras, meus pais que hoje são separados, ambos enfrentam o mesmo problema, já tentaram parar de beber por conta própria, mas nunca conseguem, e estão cada dia mais no fundo do posso meu pai vive na rua, já pediu ajuda mas volta atrás, minha mãe também esta disposta a fazer o que for preciso. Preciso de um centro terapêutico gratuito que possa nos ajudar. Somos de Atibaia-SP (interior).

    • Olá Rodnei, tudo bem?

      No momento eu não tenho informações sobre alguma instituição para tratamento em Atibaia, mas você pode entrara em contato com o Programa Recomeço que eles localizam e encaminham seus pais para alguma instituição pelo Programa Recomeço: Disque Recomeço: 0800 227 2863

  19. Olá meu nome é Robson estou tendo sérios problemas com drogas estou precisando muito de ajuda Moro em Barueri existem algumas casas de recuperação gratuita não tenho como condição uma casa de recuperação peço a gentileza de me indicar uma

  20. Ola, Boa tarde me chamo Erica
    Tenho um filho que esta com problemas de drogas,tem 14 anos e preciso muito de ajuda.
    Quais as instituiçoes gratuitas para interná-lo?

  21. Preciso internar meu irmão de 48 anos, esta em dificil situação, com drogas e psicotropicos, preciso internar ele urgente, pode me ajudar?

  22. Olá, meu nome é Carlos, recentemente descobri que meu filho, de 28 anos, faz uso de drogas. Preciso ajudá-lo, onde posso levá-lo?
    Obrigado desde já.

  23. ola meu nome eh jhonatan sou viciado em cocaina e acabei de perder minha familia ela me ajudou muito mais fui fraco e voltei sou de interlagos zona sul tem alguma clinica gratuita

  24. preciso de internacao gratuita nao trabalho a quase dois anos por causa da cocaina minha ex esposa ganha 800,00 pq ela eh estagiara ela nao tem como pagar me ajuda por favor quero me internar so vivo em depressao tenho 3 filhas ja tentei me matar no dia do aniversario da minha filha foi muito triste me ajuda

  25. Oi bom dia ,meu nome é Maurícia tenho um irmão que é dependente de álcool e isso vem prejudicando o casamento é até mesmo o trabalho dele , gostaria de saber se vcs poderia me indicar algum lugar onde ele possa ter acompanhamento de um proficional e que seja gratuito pois não temos condições de pagar uma clínica ,sou de Itaquera São Paulo e ele quer se tratar de poder nos ajudar já agradeço obrigado

    • Olá tudo bem?
      Quando uma pessoa não quer se internar voluntariamente, pode-se recorrer à internação involuntária ou à internação compulsória. São dois tipos diferentes de internação. Portanto, não use os termos involuntário, compulsório ou forçado indistintamente.
      A Lei 10.216/2001 define três modalidades de internação psiquiátrica:
      a) internação voluntária: aquela que se dá com o consentimento do usuário;
      b) internação involuntária: aquela que se dá sem o consentimento do usuário e a pedido de terceiro;
      c) internação compulsória: aquela determinada pela Justiça.

      Internação voluntária
      A pessoa que solicita voluntariamente a própria internação, ou que a consente, deve assinar, no momento da admissão, uma declaração de que optou por esse regime de tratamento. O término da internação se dá por solicitação escrita do paciente ou por determinação do médico responsável. Uma internação voluntária pode, contudo, se transformar em involuntária e o paciente, então, não poderá sair do estabelecimento sem a prévia autorização.

      Internação involuntária
      É a que ocorre sem o consentimento do paciente e a pedido de terceiros. Geralmente, são os familiares que solicitam a internação do paciente, mas é possível que o pedido venha de outras fontes. O pedido tem que ser feito por escrito e aceito pelo médico psiquiatra.
      A lei determina que, nesses casos, os responsáveis técnicos do estabelecimento de saúde têm prazo de 72 horas para informar ao Ministério Público do estado sobre a internação e os motivos dela. O objetivo é evitar a possibilidade de esse tipo de internação ser utilizado para a cárcere privado.

      Internação compulsória
      Nesse caso não é necessária a autorização familiar. A internação compulsória é sempre determinada pelo juiz competente, depois de pedido formal, feito por um médico, atestando que a pessoa não tem domínio sobre a própria condição psicológica e física. O juiz levará em conta o laudo médico especializado, as condições de segurança do estabelecimento, quanto à salvaguarda do paciente, dos demais internados e funcionários.

  26. Boa tarde…. estou a procura de uma clinica gratuita para o meu irmão que é alcoólatra, aqui na Baixada Santista ou interior de São Paulo.

  27. Olá boa noite, meu primo é um adolescente de 16 anos que precisa urgente de um tratamento pois sua vida está em risco, não somente pelo uso da droga mais tambem pelo oq que anda fazendo pra conseguir dinheiro pra usar e também não aceita um tratamento. Gostaria de saber alguma clínica gratuita somos da zona sul de São Paulo.

  28. Bom trabalho esse seu sobriedade a droga tem destruindo muita gente quem tá por trás desse sofrimento? E o próprio governo não combate isso Sai muito mas caro recuperacão .do que combate vai entender. .acredito que esse sofrimento só vai acabar quando esse sistema de coisas acabar .

    Diga não as drogas 😢🚨🚨🚨🚨

  29. Boa noite realmente as drogas destrói a vida sem nem mesmo a pessoa perceber atualmente enfrento esse sofrimento mas preciso quero largar abandonar e venho buscar ajuda muito bom essa maneira em ajudar tanta gente que enfrenta esse problema ……

  30. Bom dia meu filho fez 20 anos este mês, ele está usando drogas e vem se tornando agressivo, ontem por exemplo um PM me ligou pq foram chamados para socorrer a mãe dele de suas agressões. Não tenho condições de pagar uma clínica de internação. O que posso fazer ? Existem clínicas gratuitas? Sou de São Paulo capital.

  31. bom. dia. meu nome é Jesue de Souza Santos . tenho 28 anos sou dependente químico dês dos 18 anos estou precisando muito de ajuda perrdi minha esposa minha filha é atualmente nem minha família quer saber de mim. preciso muito dessa ajuda pois tenho muita esperança de reconquistar tudo que foi perdido. mais sozinho não estou conseguindo por favor me ajudem. 😔

  32. Tenho um irmão que é isuario de drogas e não quer si internar..Gostaria de saber si tem alguma clinica gratuita pra internar ele?

  33. Olá…queria informações…quero ajudar uma família de amigos o mesmo esta com um filho viciado em droga …pois eles querem o internar se possível ou algo q ele deixe essa vida. ..eles não tem como arcar com custos…espero o contrato de vcs.obrigado

  34. Olá sou a Lilian, meu pai está viciado em drogas e bebidas, não consigo mais conversar com ele, todo dia tem que buscar ele na rua já alterado, cada vez fica mais difícil, pois altera a vida social da família, não sabemos mais o que fazer, tem algum local próximo a Aricanduva, zona leste onde eu possa levá-lo?

  35. Bom dia sou uma adicta em recuperação SPH a 13 anos 1 mês e 4 dias graçasa Deus Na e um conjunto de consequências em minha vida
    Hoje tenho vivido a impotência de verdade um amigo que é meu vizinho e um ex namorado de muitos que hoje é um amigo mas daquele modo que não pode fazer parte de minha vida
    Ambos estão querendo ajuda e tem 20 dias que rodei o ABC inteiro pois mantive o meu vizinho4 dias limpos através de alguns medicamentos para retirar fissura e foi em vão fomos ao PS como indicado pelo Dr André da instituição Lakan de lá o médico disse pra irmos ao cracod / caps chegando lá o enfermeiro mandou retornar para o PS e neste jogo de lá pra cá voltamos a estaca zero
    Sei que não é mas por favor se possível entre em contato eu posso colaborar com serviços voluntários na minha área e em outros trabalhos também
    Desde já agradeço a atenção

  36. Boa noite
    Preciso de ajuda para meu marido, ele desde que perdemos o emprego esta usando drogas toda semana.
    Me indique uma gratuita por favor.
    Obrigada
    Sou da regiao Campinas/Hortolandia

  37. Bom dia preciso de ajuda pro meu Irmão ele esta viciai em drogas, e álcool, somos de Taboão tem alguma clinica na região, que possa me indicar, no momento não temos condições de paga uma clinica particular.

  38. Não sei mais o que fazer. Tenho um filho que fará 22 anos em Setembro. Sei que ele é viciado em maconha e hoje contra minha vontade usa até dentro de casa, acredito que as vezes ele usa cocaína também pois se torna mais agressivo. Vive trancado no quarto não trabalha nem estuda. Quando falo em tirar sua internet que fica o dia todo, ele fala que vai se matar, quando tento conversar com ele, sempre ele age com ignorância e já me chamou de nomes que nunca imaginei ouvir, ele me desconcidera completamente, me trata como se eu tivesse obrigação de sustentação pro resto da vida, já o levei no caps onde os atendentes me falaram que ele não tinha problema algum e encerraram o atendimento. O que eu posso fazer, sou de Guarulhos SP.

    • Olá Roberto, tudo bem? Sugiro que você procure um grupo de apoio para codependentes, que são os pais que convivem cm usuários de drogas. Você pode procurar o Naranon ou o Amor Exigente. Lá você vai encontrar outros pais que enfrentam o mesmo problema e ter orientações sobre como lidar com a situação.

  39. Tenho um filho de 14 anos que está usando drogas e bebendo muito,gostaria de obter ajuda para interna- lo.
    Se possível me indique uma clínica q possa me ajudar …estou desempregada não tenho condições de pagar uma internação

  40. Boa tarde!
    Tenho um sobrinho ele é dependente químico ele me pediu ajuda hoje ele tem dois filhos quero muito ajudar ele mas nem sem por onde começar meu coração foi aos pedaços preciso muito ajudar ele
    É uma boa pessoa trabalhador mas está desgostoso da vida me ajude por favor

  41. ola meu nome é vitor tem 25anos q uso crak ja tive tres ou quatro internaçao mais ñ fiquei muito tempo em nemuma delas e o cratod ñ meda mais emcaminhamento para outra emternaçao n eu estou determinado afaser um tratamento só presiso me enterna

    • Olá Vitor, tudo bem? Como você já fez várias internações talvez o Cratod não encaminhe mais. Sugiro que você procure um CAPS ou um grupo de apoio para tentar uma outra modalidade de tratamento.

  42. Oi boa tarde!
    Estou a procura de ajuda pra minha enteada. Ela já está no uso bem avançado e não sabemos mais o q fazer com ela tá vendendo tudo em casa e tá difícil a convivência com os familiares chegamos ao ponto de esconder tudo q ela possa pegar pra vender. Moramos em Sorocaba .

    • Oá Marcileti, tudo bem? Você pode procurar o CRATOD em São Paulo e eles podem encaminhá-lá para um tratamento gratuito pelo Programa Recomeço.
      CRATOD – Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas
      Rua Prates, 165, Bom Retiro, São Paulo, SP
      Fone: (11) 3329-4455
      E-mail: cratod@saude.sp.gov.br

  43. Olá meu nome é karollen eu tenho o enteado de 20 quê bebe muito ele fica muito agressivo, descontrolado. gostaria de saber como eu faço para conseguir um lugar que ele possa se tratar gratuitamente pois não tenho condições de pagar…

    • Olá, tudo bem? Você pode procurar o CRATOD em São Paulo, lá eles vão encaminhá-lo para um tratamento adequado e gratuito:
      CRATOD – Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas
      Rua Prates, 165, Bom Retiro, São Paulo, SP
      Fone: (11) 3329-4455
      E-mail: cratod@saude.sp.gov.br

  44. Olá boa noite..
    Qro ajudar um moço q é dependente químico, ele mora nas ruas da região onde moro, já fazem dois dias q ele está dormindo aqui nas calçadas próximas de casa, não conheço ngm da família dele, mas me incomodo muito em vê-lo nessa situação..
    Ajudo cm um prato de comida e café cm pão, mas é muitíssimo pouco diante da situação q ele está..
    Me diz como faço para ajudá-lo tenho q levar ele será uma tarefa meio q difícil, ou vêm um grupo de pessoas especializadas para buscá-lo??

    • Olá, tudo bem? Sugiro que você procure o CRATOD – Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas. Lá eles vão oferecer a melhor alternativa para o seu caso e te orientar sobre o que fazer, a té podem encaminhá-lo para um tratamento gratuito pelo Programa Recomeço. Segue o endereço e telefone:
      Rua Prates, 165, Bom Retiro, São Paulo, SP
      Fone: (11) 3329-4455
      E-mail: cratod@saude.sp.gov.br

  45. Ola meu nome e francielle tenho uma madrasta alcoolatra queria interna ela mais minha familia nao tem condicoes ela quase morreu varias vezes bebada me ajude porfavor antes que aconteca o pior nao sabemos oque fazer

    • Olá, tudo bem? Sugiro que você procure o CRATOD – Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas. Lá eles vão oferecer a melhor alternativa para o seu caso e te orientar sobre o que fazer, a té podem encaminhá-lo para um tratamento gratuito pelo Programa Recomeço. Segue o endereço e telefone:
      Rua Prates, 165, Bom Retiro, São Paulo, SP
      Fone: (11) 3329-4455
      E-mail: cratod@saude.sp.gov.br

  46. Boa tarde, sou mãe de um dependente químico e já num aguento mais tanta mentira, roubos dentro e fora de casa, se sujando por porcarias.
    Queria tanto uma clinica gratuita que internasse meu filho, por favor, uma mãe em desespero.
    Por conta das coisas erradas que ele fez e faz, minha família se afastou e mal tenho contato com alguns deles.
    Me ajudem pelo amor de Deus.
    Aguardo um retorno de vocês.
    Obrigada e Deus nos ajude e me traga uma solução a minha causa.
    Márcia

    • Olá Márcia, tudo bem? Sugiro que você procure o CRATOD – Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas. Lá eles vão oferecer a melhor alternativa para o seu caso e te orientar sobre o que fazer, a té podem encaminhá-lo para um tratamento gratuito pelo Programa Recomeço. Segue o endereço e telefone:
      Rua Prates, 165, Bom Retiro, São Paulo, SP
      Fone: (11) 3329-4455
      E-mail: cratod@saude.sp.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.