Os pensamentos e as doenças

Os nossos pensamentos definem o que somos e como agimos e interagimos com o mundo ao nosso redor. Dessa forma, melhorar o nosso conteúdo mental, a forma como vemos as pessoas e a vida, como pensamos a respeito das coisas, interfere diretamente no nosso equilíbrio emocional e

espiritual. Seres carregados de angústias, rancores, perturbações mentais e distorções da realidade podem desenvolver sérias doenças físicas e psíquicas. O mundo materialista em que vivemos nos diz o tempo todo que devemos adquirir coisas acima de tudo, conquistar, revidar, competir. 

Todos nós temos o hábito de cuidar muito bem dos nossos bens materiais, da nossa aparência, da nossa reputação perante a sociedade e seus valores distorcidos, e esquecemos de cuidar do nosso mundo interior, do nosso espírito. Esquecemos do nosso poder mental, intelectual, emocional, sentimental e moral. O resultado disso é uma vida de inquietude e discórdias que acarretam uma série de mágoas e dores manifestadas através de vícios e excessos de todos os gêneros, desvirtudes, desequilíbrios e ações repugnantes da alma que podem gerar uma série de doenças graves no corpo físico.
Jesus, o grande médico dos médicos, mostrou ao mundo com seus ensinamentos a prática da moral divina baseada nas grandes virtudes, como o amor, a caridade, a oração, a humildade, o perdão, a justiça e a fé. Ele quis nos mostrar que através dessas virtudes conseguimos educar nossos sentimentos e emoções, pois é muito mais fácil odiar do que amar, agredir do que silenciar, condenar do que perdoar.
Quando educamos nossos sentimentos e emoções, conseguimos direcionar nossos pensamentos para coisas boas e mantemos um estado de humor tranqüilo, evitando assim sérios problemas de saúde. Pessoas angustiadas, ansiosas e negativas tendem a estar sempre tensas, e com isso, o coração, a mente e todo o resto do corpo adoece.A medicina consegue provar a cada dia que muitas doenças, como por exemplo o câncer, são causadas em grande maioria por fatores emocionais.
A grande vacina para os males dos maus pensamentos é a prática das virtudes que Jesus ensinou através do Evangelho.  Não adianta caminhar nas vias da neutralidade, pior que fazer o mau é negligenciar o bem e para alcançar a tão almejada paz interior devemos praticar o bem para evitar o mau. 
Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *