Dissulfiram – Remédio para parar de beber

alcoolismo

O dissulfiram é um remédio antietanol para parar de beber. Conheça o Dissulfiram, seus efeitos e saiba como parar de beber!

O dissulfiram tem a ação de provocar efeitos de desconforto quando tomado juntamente com bebidas alcoólicas, fazendo com que a pessoa pare de beber.

Modo de uso do Dissulfiram

O modo de uso do Dissulfiram consiste na toma de 2 comprimidos, em dose única, 1 a 2 semanas, numa primeira fase de tratamento. A partir da 2ª semana inicia-se a fase de manutenção do tratamento com a toma de 1 comprimido durante o tempo necessário até ser verificada a recuperação social e o autocontrole do paciente em relação à bebida.

Efeitos colaterais do Dissulfiramdissulfiram

Os efeitos colaterais do Dissulfiram podem ser neurite óptica, neurite periférica e polineurite, assim como erupções da pele que podem prontamente ser controladas com a administração de anti-histamínicos. Sonolência passageira, fadiga, impotência, dor de cabeça, erupções em forma de acne, dermatites alérgicas poderão ocorrer durante a primeira e a segunda semana de tratamento. Perda do apetite sexual e gosto metálico na boca, depressões, manias, perda de memória, irritação, disfunção cerebelar, convulsões, síndromes extrapiramidais, aumento da colesterolemia e hepatotoxicidade podem ser outros efeitos colaterais apresentados pelos pacientes.

Os sintomas dos efeitos colaterais geralmente desaparecem espontaneamente com continuação do tratamento ou com a redução da dosagem.

Aviso importante

O Dissulfiram não é recomendado para pacientes com hipersensibilidade ao dissulfiram ou outros tiuranos, que ingeriram recentemente álcool ou preparados contendo álcool, paraldeído e metronidazol. Também não deve ser tomado por pacientes com diabetes mellitus, epilepsia, tirotoxicoses, nefrites agudas e crônicas, cirrose ou insuficiência hepática, moléstia miocárdica grave ou oclusão coronária além de psicoses exógenas.

Busque ajuda!

Muitas vezes, devido ao consumo do álcool, o usuário coloca em risco aspectos importantes de sua vida, tais como família, emprego, saúde. Além disso pode não perceber os problemas decorrentes deste uso ou mesmo negá-los. Nesses momentos, não é raro os membros da família apresentarem sentimentos de raiva ou impotência frente ao usuário ou a situação.
Essas ocasiões deveriam se transformar em buscas de ajuda em unidades de saúde, conversas com um profissional e pessoas de referência na sua comunidade, adesão a grupos de ajuda e cursos.

Dependência do Álcool:Como lidar?


Para lidar com um dependente do álcool, primeiro é preciso conhecer a doença, os sintomas de abstinência, a prevenção de recaídas e as questões psíquicas e emocionais que envolvem a dependência química.

A família é parte importante na recuperação do dependente químico!

 


Busque informações corretas sobre a dependência do álcool e o tratamento correto, bem como a melhor maneira de lidar com o problema.
Aqui você encontra alguns cursos completos sobre como lidar com a dependência do álcool, e assim poder ajudar a pessoa que sofre com este problema. Vale a pena fazer!

Curso Dependência de Álcool: como lidar?Curso Dependência de Álcool: como lidar?

É direcionado ao público geral, desde profissionais da área da saúde, educação a pais de dependentes químicos. Desenvolvido com linguagem rápida e de fácil compreensão. Leituras de textos, vídeo aula, vídeos sobre o tema, textos complementares e questionários. Mais informações >>

Para saber mais informações ou esclarecer dúvidas entre em contato conosco: sossobriedade@gmail.com

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *