Como identificar padrões de co-dependência – SOS Sobriedade

O envolvimento emocional na co-dependência é inevitável e o co-dependente adoece junto com o dependente químico. Saiba como identificar padrões de co-dependência!

Como identificar padrões de co-dependência

 
Como identificar padrões de co-dependênciaTodos os membros da família que convivem com o dependente e que estão ligados emocionalmente, que buscam esconder, minimizar, omitir ou fingir que não está acontecendo nada, acabam defendendo a dependência e facilitando a vida do dependente químico, cedendo às suas manipulações, chantagens emocionais e sendo coniventes com suas atitudes descontroladas.

Para a psicóloga Márcia Viana (Recanto Maria Rereza – Cotia – SP):
“Todo aquele que está emocionalmente ligado e oferece seus sentimentos e sua vida para ‘proteger seu dependente’, visando impedir que comportamentos anti-sociais tornem-se transparentes, é um co-dependente.”

Existem grupos de apoio destinados a oferecer suporte para os co-dependentes. Recomendamos os artigos:


Como identificar padrões de co-dependênciaAs perguntas a seguir servem para identificar possíveis padrões de codependência. Se você apresenta pelo menos dois deles, procure ajuda para conversar sobre isso.






• Você se sente responsável por outra pessoa? Pelos sentimentos, pensamentos, necessidades, ações, escolhas, vontades, bem-estar e destino dela?

• Você sente ansiedade, pena e culpa quando outras pessoas têm problemas?

• Você se flagra constantemente dizendo “sim” quando quer dizer “não”?

• Você vive tentando agradar os outros em vez de agradar a si?

• Você vive tentando provar aos outros que é bom o suficiente? Você tem medo de errar?

• Você vive buscando desesperadamente amor e aprovação? Você se sente inadequado?

• Você tolera abuso para não perder o amor de outras pessoas?

• Você sente vergonha da sua própria vida?

• Você tem a tendência de repetir relacionamentos destrutivos?

• Você se sente aprisionado em um relacionamento? Você tem medo de ficar só?
• Você tem medo de expressar suas emoções de maneira aberta, honesta e apropriada?

• Você acredita que se assim o fizer ninguém vai amá-lo?
• O que você sente sobre mudar o seu comportamento? O que impede-lhe de mudar?

• Você ignora os seus problemas ou finge que as circunstâncias não são tão ruins?

• Você vive ajudando as pessoas a viverem? Acredita que elas não sabem viver sem você?

• Tenta controlar eventos, situações e pessoas por meio de culpa, coação, ameaça, manipulação e conselhos, assegurando assim que as coisas aconteçam da maneira que você acha correta?

• Você procura manter-se ocupado para não entrar em contato com a realidade?

• Você sente que precisa fazer alguma coisa para sentir-se aceito e amado pelos outros?

• Você tem dificuldade de identificar o que sente? Tem medo de entrar em contato com seus sentimentos como raiva, solidão e vergonha?

Muitos co-dependentes acreditam que quem precisa de ajuda é o dependente químico, e esquece que a doença dele também afetou emocionalmente toda a família. O que acontece é que quando um dependente químico está em recuperação, seja em regime de internação ou grupos de apoio, ele começa a melhorar, mas se família continua a mesma acaba dificultando a recuperação. O resultado, em muitos casos, é o mesmo, ou seja, o dependente muda, mas a família não, e todos voltam para o mesmo círculo vicioso.

Por isso, não deixe de buscar ajuda!

Segue 3 cursos completos sobre como lidar com a Dependência de Cocaína e Crack, Álcool e Maconha! 

Comece agora!

Curso – Dependência de Cocaína e Crack: como lidar?

O curso “Dependência de Cocaína e Crack: como lidar?” é direcionado ao público geral, desde profissionais da área da saúde, educação a pais de dependentes químicos. 

Curso de fácil compreensão. Textos, vídeo aula, vídeos sobre o tema, textos complementares e questionários. 


Mais informações >>




Curso Dependência de Álcool: como lidar?Curso Dependência de Álcool: como lidar?

É direcionado ao público geral, desde profissionais da área da saúde, educação a pais de dependentes químicos. 

Desenvolvido com linguagem rápida e de fácil compreensão. Leituras de textos, vídeo aula, vídeos sobre o tema, textos complementares e questionários. 


Mais informações >>


Dependência de Maconha: como lidar?Dependência de Maconha: como lidar?

O curso “Dependência de Maconha: como lidar?” é direcionado ao público geral, desde profissionais da área da saúde, educação a pais de dependentes químicos ou a quem esteja interessado em expandir seus conhecimentos e aprender informações atuais e práticas sobre a dependência de maconha. 

Mais informações >>




Siga a nossa página!

Gostou? Então compartilhe!

Tweet

Recomendamos que leia também



Fonte: http://lucianalpsm.blogspot.com.br/


Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *