Como funciona o Programa Recomeço!

Programa Recomeço
O Programa Recomeço para dependentes químicos de álcool, cocaína, crack e outras drogas, documentação necessária para o tratamento, etc. Saiba como funciona o Programa Recomeço!

Como funciona o Programa Recomeço!
O Programa Recomeço é uma iniciativa do governo do Estado de São Paulo para ajudar os dependentes químicos, principalmente os dependentes de crack, oferecendo tratamento e acompanhamento multiprofissional ao paciente e aos seus familiares. As ações são coordenadas entre as Secretarias Estaduais da Saúde, da Justiça e Defesa da Cidadania e do Desenvolvimento Social e facilitam o acesso ao tratamento médico e apoio social e, quando necessário, a internação dos dependentes em centro de referência, incluindo comunidades terapêuticas e moradias assistidas. O trabalho também é integrado com o Poder Judiciário, com a participação do Ministério Público, da Defensoria Publica e da Ordem dos Advogados do Brasil, que acompanham os trabalhos e os casos que precisam do apoio ou interveniência destes organismos.
 
Desde janeiro de 2013 até 31 de março 2014, 31.966 dependentes químicos já receberam tratamento por meio da rede estadual do Programa Recomeço. No enfrentamento da epidemia de crack, é papel do governo do Estado garantir a promoção dos direitos humanos, oferecendo atendimento especializado. Desta forma, é possível recuperar sua integridade, fortalecer os laços familiares e trazê-lo de volta ao convívio e às atividades sociais.
 
O Recomeço Família foi criado e agora faz parte do programa para que, por meio de entidades e profissionais especializados articulados pelos CICs – Centro de Integração da Cidadania, as famílias possam receber orientação e apoio em como proceder e colaborar na recuperação e reinserção do dependente.
 
Por intermédio do CRATOD, Centro de Referencia a Álcool, Tabaco e Outras Drogas, localizado na Rua Prattes, 165, em São Paulo, já foram encaminhados para tratamento 4.270 dependentes químicos, desde janeiro de 2013 até 06 de maio de 2014. Destes, 1.099 foram vieram da chamada cracolândia, localizada na região da praça Júlio Prestes em São Paulo, graças a trabalho desenvolvido por Conselheiros das Secretarias Estaduais da Saúde e Desenvolvimento Social que, desde dezembro 2013 atuam nas ruas daquela região oferecendo apoio aos dependentes químicos.
 
Foram lançadas também iniciativas para apoiar o dependente químico que está em tratamento a ter acesso à capacitação e recolocação profissional. Por meio do programa Via Rápida, da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, e parcerias com organizações da sociedade, eles têm acesso a diversos tipos de treinamento.
 
A criação do Selo Recomeço foi outra iniciativa para valorizar as empresas e organizações da sociedade. O objetivo da parceria é ajudar o dependente químico a encontrar uma vaga no mercado de trabalho. O selo vai atender o dependente que está em ou já passou por tratamento por meio do Programa Recomeço.
 

Documentação necessária para entrar no Programa Recomeço

 
– Declaração de aceite para cada modalidade com a indicação do número de vagas
– Plano de atividades
– Certificado Regularidade Cadastral de Entidade (CRCE)
– Cópias estatuto, ata eleição e posse diretoria, RG e CPF do responsável
– Licença da Vigilância Sanitária

Local da Entrega dos Documentos e do Requerimento

 
Coordenação de Políticas sobre Drogas do Estado de São Paulo — COED
Programa Recomeço / SJDC / SP
Endereço: Pátio do Colégio 148, 3º andar, Sé
São Paulo/SP, CEP 01.016-040
Telefone: (11) 3291-2658
 

 

Busque ajuda!

Muitas vezes, devido ao consumo do álcool e/ou droga, o usuário coloca em risco aspectos importantes de sua vida, tais como família, emprego, saúde. Além disso pode não perceber os problemas decorrentes deste uso ou mesmo negá-los. Nesses momentos, não é raro os membros da família apresentarem sentimentos de raiva ou impotência frente ao usuário ou a situação.

Essas ocasiões deveriam se transformar em buscas de ajuda em unidades de saúde, conversas com um profissional e pessoas de referência na sua comunidade, adesão a grupos de ajuda e cursos.

Dependência Química:Como lidar?

Para lidar com um dependente químico, primeiro é preciso conhecer a doença, os sintomas de abstinência, a prevenção de recaídas e as questões psíquicas e emocionais que envolvem a dependência química.

A família é parte importante na recuperação do dependente químico e é a mais indicada para auxiliá-lo. Graças compreensão e a criatividade baseada na afetividade, ele mesmo poderá encontrar uma saída para a enrascada na qual se meteu, muitas vezes sem querer ou sem saber por quê!

Busque informações corretas sobre as drogas, pois os filhos deixam de acreditar no que os pais dizem quando percebem que as informações repassadas não correspondem à realidade.

Aqui você encontra alguns cursos completos sobre como lidar com a dependência química, e assim poder ajudar o dependente químico. Vale a pena fazer!

Conheça os cursos sobre a Dependência de Cocaína, Crack, Álcool e Maconha!

COMECE AGORA!

Curso – Dependência de Cocaína e Crack: como lidar?
O curso “Dependência de Cocaína e Crack: como lidar?” é direcionado ao público geral, desde profissionais da área da saúde, educação a pais de dependentes químicos. Curso de fácil compreensão. Textos, vídeo aula, vídeos sobre o tema, textos complementares e questionários. Mais informações >>

 

Curso Dependência de Álcool: como lidar?Curso Dependência de Álcool: como lidar?

É direcionado ao público geral, desde profissionais da área da saúde, educação a pais de dependentes químicos. Desenvolvido com linguagem rápida e de fácil compreensão. Leituras de textos, vídeo aula, vídeos sobre o tema, textos complementares e questionários. Mais informações >>

Dependência de Maconha: como lidar?Dependência de Maconha: como lidar?

O curso “Dependência de Maconha: como lidar?” é direcionado ao público geral, desde profissionais da área da saúde, educação a pais de dependentes químicos ou a quem esteja interessado em expandir seus conhecimentos e aprender informações atuais e práticas sobre a dependência de maconha. Mais informações >>

 

Para saber mais informações ou esclarecer dúvidas entre em contato conosco: sossobriedade@gmail.com

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *