Como aproveitar melhor a meditação!

É importante saber o objetivo que se deseja atingir com a meditação e a condição mental que buscamos alcançar. Por isso, saber o real objetivo de cada meditação garante a nossa mente conseguir a conclusão correta e não uma conclusão incorreta ou irrelevante.

Tweet

Como aproveitar melhor a meditação!

Conclusões erradas na meditação podem nos deixar para baixo devido à falta de compreensão do nosso eu e do que se quer alcançar com a meditação. Mas qual é a conclusão, onde queremos chegar com a meditação?

Como aproveitar melhor a meditação!

Para responde esta pergunta é preciso, através da própria meditação,  entender que a mente centrada no ego é o verdadeiro inimigo que destrói a nossa felicidade. Colocar o ego como o centro de tudo é um erro, pois o ego não é parte do meu eu, não é quem eu sou. É um pensamento incorreto, profundamente enraizado e que cria problemas. Ao invés disso, preciso abandonar o egocentrismo, desagarrar do ego como centro do nosso eu.

Como aproveitar melhor a meditação!

Por exemplo, ao meditar sobre as desvantagens do pensamento centrado no ego, nossa mente pode distorcer essa meditação e concluir: “sou uma pessoa horrível por ser tão egoísta”. Essa é a conclusão errada que se chega com essa meditação. O objetivo da meditação não é nos colocarmos para baixo, isso é um velho hábito que já tínhamos e que se não compreendermos a finalidade da meditação ele vai se repetir sempre.

Portanto, ao invés de continuar acorrentado pelos velhos hábitos de pensar e sentir negativamente, podemos nos libertar disso tudo dizendo para nós mesmos: Já que quero ser feliz, vou compreender minhas atitudes egoístas pelo que elas são, e vou parar de segui-las! Em vez disso, vou cultivar o amor e a compaixão por todos os seres. Essa é a conclusão que todos nós queremos chegar.

Por Rodrigo Longo

“A meditação não é uma prática para tentar atingir o êxtase, bem-aventurança espiritual, ou tranquilidade, nem é a tentativa de se tornar uma pessoa melhor. é simplesmente a criação de um espaço em que somos capazes de expor e desfazer os nossos jogos neuróticos, dos nossos autoenganos, nossos medos e esperanças escondidas”.

(Chogyan Trungpa)

Tweet

 Veja Também!

Dicas de meditação – Despertando a consciência

A prática da meditação – Os 10 nós interiores

Prática da meditação – Os tipos de consciência

O sofrimento – O caminho para a realização espiritual

A mente de renúncia – O desapego da ignorância e do sofrimento

Dados do Artigo:

Como aproveitar melhor a meditação!
Espiritualidade
Confira algumas dicas para aproveitar melhor a meditação e alcançar o objetivo desejado!

Fontes:
MEDITAÇÃO E CURA!
16 de setembro de 2013 – Disponível em:  http://budavirtual.com/2013/09/16/meditacao-e-cura/

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *