Clordiazepóxido (Psicosedin) – Bula


Clordiazepóxido (Psicosedin)

O Clordiazepóxido – Psicosedin é um medicamento de toma oral com ação tranquilizante da classe dos ansiolíticos, que age deprimindo o sistema nervoso central. Consulte a bula do Clordiazepóxido (Psicosedin)!

*Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Psicosedin – Indicações

Estados de tensão e ansiedade.

 

Contra-indicações de Psicosedin

Pacientes com história de hipersensibilidade aos benzodiazepínicos ou a qualquer componente da fórmula. Gravidez e lactação. Deve-se evitar o tratamento prolongado em mulheres com chance de procriar.

Efeitos colaterais

Alterações do desejo sexual; alucinação; ansiedade; ataques de violência; aumento da contração muscular; aumento das pupilas; taquicardia; bradicardia; boca seca; coceira; choque; dor de cabeça; diarréia; confusãomental; constipação; depressão; fala enrolada; fadiga; erupção na pele; histeria; falta de apetite; insônia; irregularidades menstruais; náusea; pelos anormais; perda de cabelo; perturbação de movimentos; problemas urinários; sonolência; tontura; tremor; visão borrada; vômito; queda de pressão ao se levantar.

Modo de uso

 Clordiazepóxido (Psicosedin)

O medicamento deve ser tomado antes das refeições e ao deitar. As doses podem variar de 5 a 10 mg  entre 3 e 4 vezes ao dia.

O seu uso prolongado pode causar dependência e síndrome de abstinência quando a medicação é interrompida

Psicosedin – Posologia

Comprimidos Nas formas de pequena e média gravidade, a dose recomendada é de 1 comprimido de 10mg, 3 a 4 vezes ao dia. Nas formas graves 2 comprimidos de 10mg, 2 a 4 vezes ao dia.

Pacientes idosos:

1 comprimido de 10mg por dia. Nos casos mais graves, ou quando se deseja importante efeito miorrelaxante, recomenda-se 1 comprimido de 25mg 3 a 4 vezes ao dia. Injetável Dose média: 50-100 mg I.M. ou E.V.. Repetir, se necessário, 2 a 4 horas após ou 25-50mg, 3 a 4 vezes ao dia. Dose máxima: 300mg durante um período de 6 horas.

Preparação da solução injetável para uso intramuscular:

Adicionar 2 mL do solvente especial intramuscular ao frasco-ampola que contém 100mg de substância ativa. Introduzir o líquido lentamente no frasco-ampola, sem fazer muita pressão, a fim de evitar a formação de bolhas na superfície da solução. Agitar suavemente até a completa dissolução. Preparar a solução no momento do uso. Desprezar o que não for imediatamente utilizado. Injetar profunda e lentamente no quadrante lateral e superior da região glútea. Não usar o solvente se este estiver opalescente ou turvo.

ATENÇÃO: O produto preparado para via intramuscular não deve ser empregado por via endovenosa. Para uso endovenoso: Adicionar 5 mL de soluto salino fisiológico estéril ou água destilada ao frasco-ampola contendo 100 mg de clordiazepóxido. Agitar suavemente até completa dissolução. Preparar a solução no momento do uso. Desprezar o que não for imediatamente utilizado.

ATENÇÃO: O produto preparado para injeção endovenosa não deve ser empregado por via intramuscular.


Share
Previous ALCOOLISMO IMPULSIONA INDÚSTRIA DO FALSO ATESTADO MÉDICO 
Next Cientistas criam bafômetro para maconha no trânsito!

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.