Como vencer as drogas – 7 práticas diárias

Como vencer as drogas. Como para de usar drogas. Cocaína, álcool, crack e outras drogas.  Como se desintoxicar das drogas, tratamentos e práticas para parar de usar drogas. Leia mais de Como vencer as drogas – 7 práticas diárias

Share

10 motivos para se especializar em Intervenção Orientada

dependencia quimica

O primeiro curso do Brasil sobre Intervenção Orientada, processo por meio do qual a família e os amigos são capazes de confrontar a doença do dependente químico, apresentando ocorrências de incidentes com o álcool ou outras drogas, no intuito de mostrar como o uso da substância altera seu comportamento, quebrando toda a sua ilusão e os seus mecanismos de negação… Leia mais de 10 motivos para se especializar em Intervenção Orientada

Share

Como administrar a compulsão pelas drogas!

Abstinência

A compulsão é a necessidade de fazer algo mesmo que pareça desnecessário ou prejudicial, neste caso o uso compulsivo de álcool e drogas. Saiba como administrar a compulsão pelas drogas!

Leia mais de Como administrar a compulsão pelas drogas!

Share

Buprenorfina – Desintoxicação da morfina e heroína

Drogas Injetáveis

A Buprenorfina, derivada da morfina, é utilizada no tratamento e na desintoxicação da morfina e da heroína. Conheça a Buprenorfina!

Leia mais de Buprenorfina – Desintoxicação da morfina e heroína

Share

Medicamentos para parar de usar cocaína

álcool e drogas

A cocaína é uma droga que causa extrema dependência. Conheça os medicamentos que ajudam na desintoxicação da cocaína e Saiba como parar de usar cocaína! Leia mais de Medicamentos para parar de usar cocaína

Share

Drogas na adolescência e a reação dos pais!

Pais_e_filhos

O uso de drogas na adolescência é um tema que preocupa famílias, educadores e profissionais da saúde. Intervir da melhor forma é fundamental! Saiba mais… Leia mais de Drogas na adolescência e a reação dos pais!

Share

Sintomas de recaída da dependência química – Comportamentos impulsivos

Juntamente com os comportamentos compulsivos acima descritos, o dependente químico em processo de recaída experimenta também uma grande dificuldade em controlar as suas reações imediatas. O estresse e o nervosismo podem passar a fazer parte do nosso dia-a-dia, tendo, por isto, menos capacidade de controlar as nossas emoções cotidianas.

Sintomas de recaída da dependência química

Comportamentos impulsivos

Assim, fica cada vez mais difícil pensar antes de agir e, desta forma, acabamos nos arrependendo de boa parte das reações que temos durante o dia. Agressões verbais ou físicas, “birras”, chantagens, mentiras, e toda uma grande série de situações negativas vão se somando no nosso repertório cotidiano.

Em muitas ocasiões acabamos tomando decisões importantes de forma precipitada, como já foi visto, e isto se torna cada vez mais frequente. Rompemos relacionamentos e amizades, abandonamos projetos, mudamos o rumo de nossa vida, muitas vezes sem nem ao menos termos parado para pensar sobre o que está acontecendo conosco.

O que também é recorrente neste tipo de situação é a dicifuldade em comunicar-se com outras pessoas, como já foi descrito, o que complica ainda mais o quadro.

por Rodrigo Longo

Tweet

Veja Também!

1.Tratamento da dependência química – A qualidade do sono

2.Comportamentos compulsivos e os Sintomas de Abstinência Demorada

3.Mudanças que auxiliam na manutenção da recuperação da dependêcia química

4.Drogas na adolescência

5.Desintoxicação de cocaína

Dados do Artigo:

Autor:
Rodrigo Longo
Fonte:
KURLANDER, P.Programa de Prevenção à Recaída. Avaré, 2013

Sintomas de recaída da dependência química – Comportamentos impulsivos
Dependência química
Agressões verbais ou físicas, “birras”, chantagens, mentiras, e uma série de comportamentos impulsivos que temos devido a falta de controle perante as situações negativas diárias. Saiba mais!
Share

Sintomas de recaída da dependência química – Comportamentos compulsivos

Lembrando que a dependência química é, basicamente, uma manifestação de compulsão extremamente poderosa, todo e qualquer comportamento compulsivo estaria diretamente ou indiretamente ligado ao processo de recaída.

Sintomas de recaída da dependência química

Comportamentos compulsivos

A compulsão seria, basicamente, a incapacidade de controlar os comportamentos, principalmente aqueles ligados às situações de recompensa, ou seja, a situações que nos provoquem prazer.

comportamentos compulsivosAssim, como já foi dito,, o dependente químico em recuperação pode apresentar uma diversidade de compulsões que, se não controladas, podem colaborar ou desencadear o processo de recaída.
Veja: Comportamentos compulsivos e os Sintomas de Abstinência Demorada

Exemplos de compulsões

Exemplos destas compulsões seriam: sexo, sedução, tabaco, comida, compras, trabalho, jogo, esportes, religião, e tantas outras formas de perder o controle sobre a própria vida que podem ser experimentadas diariamente, sem perceber que estas podem estar minando o nosso caminho da recuperação.

por Rodrigo Longo

Tweet



Veja Também!

1.Tratamento da dependência química – A qualidade do sono

2.Comportamentos compulsivos e os Sintomas de Abstinência Demorada

3.Mudanças que auxiliam na manutenção da recuperação da dependêcia química

4.Drogas na adolescência

5.Desintoxicação de cocaína

Dados do Artigo:

Autor:
Rodrigo Longo
Fonte: 
KURLANDER, P.Programa de Prevenção à Recaída. Avaré, 2013

Sintomas de recaída da dependência química – Comportamentos compulsivos
Dependência química
A compulsão seria, basicamente, a incapacidade de controlar os comportamentos, principalmente aqueles ligados às situações de recompensa, ou seja, a situações que nos provoquem prazer. Saiba mais!
Share

Tratamento da dependência química – Relacionamentos amorosos e vida sexual

A análise dos relacionamentos sempre merece grande importância na manutenção da recuperação, uma vez que, muitos dependentes podem iniciar um processo de recaída por não saberem lidar com eles.

Tweet

Tratamento da dependência química

Relacionamentos amorosos e vida sexual

No texto Ciúme – Do norma ao doentio, falamos a respeito da insegurança e do medo de perda, como fatores determinantes do ciúme e que podem ser os causadores de tantas discussões. Mas não é só o ciúme que podem causar problemas em um relacionamento, a falta de estrutura emocional em todos os sentidos, a fidelidade, o respeito, o amor, o sexo promíscuo, entre outros fatores são fundamentais e podem afetar tanto o relacionamento , como também a recuperação da pessoa.

Para isso é necessário, como em todos os aspectos já mencionados nos textos anteriores sobre o Tratamento da dependência química, a autoanálise e o gerenciamento destas relações entre as pessoas de convívio.

Relacionamento estável


(se for casado ou estiver em um relacionamento sério)

1. A minha vida sexual está satisfatória? E para a companheira?

2. Quais os problemas eu tenho ou temos neste sentido?

3. Traí minha companheira em algum momento após o tratamento?

4. Por quê? Com quem?

5. O que poderia ser mudado em relação a este ponto?

Relacionamento não estável


(se não for casado ou estiver em um relacionamento sem compromisso)

1. Estou focado em arrumar uma mulher como um dos objetivos principais para a minha vida no momento?

2. Me expus, ultimamente, a situações de risco para poder conhecer uma mulher?

3. Conheci alguma mulher ultimamente? Quem? Como foi o encontro?

4. Falei sobre a minha doença?

5. Senti algum tipo de preconceito? Como me senti com isto?

6. Mantive relações sexuais? Usei camisinha, anticoncepcionais e/ou outros?

7. Como foi o meu desempenho sexual? Fiquei satisfeito? Consegui satisfazer a minha parceira?

8. O que poderia ter sido diferente?

9. Pretendo iniciar um relacionamento duradouro com esta mulher? Por quê?

10. O que poderia ser mudado em relação a este ponto?

11. Estou saindo com muitas mulheres, somente por sexo e sem querer nada sério com ninguém? Por quê?

Refletir sobre os nosso relacionamentos amorosos e sexuais fazem parte da manutenção da recuperação como forma de evitar frustrações, prevenir recaídas e tornar mais saudável a vida amorosa e sexual.

por Rodrigo Longo

Tweet

 Veja Também!

Tratamento da dependência química – Como evitar emoções descontroladas

Superando a fissura pela droga – As quatro forças de vontade

Mudanças que auxiliam na manutenção da recuperação da dependêcia química

Tratamento da dependência química – A busca espiritual e a prática religiosa

Desintoxicação de cocaína

Dados do Artigo:

Autor:
Rodrigo Longo

Tratamento da dependência química – Relacionamentos amorosos e vida sexual
Dependência química
A falta de estrutura emocional em todos os sentidos, a fidelidade, o respeito, o amor, o sexo promíscuo, entre outros fatores são fundamentais e podem afetar tanto o relacionamento , como também a recuperação da pessoa.. Saiba mais!
Share

Álcool e drogas – Sintomas observados no dependente químico

dependência de drogas

A dependência química é uma doença que atinge as pessoas de forma indiscriminada, de tal forma que, umavez instalada provoca a desestruturação da pessoa em todas as áreas do ser: física, mental, espiritual, social, familiar, e profissional. Assim, na medida em que estas áreas da vida começam a desabar, o dependente químico vai apresentando sintomas emocionais e comportamentais que o levam cada vez mais para o abismo. Confira 14 sintomas observados no dependente químico!



Álcool e drogas

alcool e drogasSintomas observados no dependente químico 

    alcool e drogas

  1. Tende a negar ou minimizar o consumo de drogas.(ver mecanismos de defesa)
  2. Defende-se quando falam que ele é dependente ou tem problemas com drogas.
  3. Afirma que não usa drogas.
  4. Admite somente que usa eventualmente ou socialmente.
  5. Muitas vezes restringe o hábito ao momento atual da vida.
  6. Justifica o excesso como consequência de problemas que os outros vem lhe causando.
  7. Coloca os prejuízos num futuro muito distante, que não o atingirá.
  8. A droga assume um caráter prioritário, e o alívio que consegue através dela vai ser buscado além de qualquer outra consideração. Ele precisa da droga para enfrentar o mundo.
  9. A droga tem a finalidade de eliminar a ansiedade da espera e a angústia da frustração.
  10. Precisa da droga de acordo com o seu desejo, possuidora de um poder mágico de suprir todas as suas necessidades. Projeta na droga uma imagem idealizada, ressaltando o lado bom e minimizando as consequências negativas.
  11. Sua vivência do tempo é premente, está sempre sob um sentimento de urgência. Imediatismo.
  12. Situações de espera, mesmo de alguns minutos, lhe resultam insuportáveis, como se fosse uma tortura, não podendo tolerar a espera para que um desejo seja atendido.
  13. Substitui a reflexão pela ação impulsiva, atua para evitar o desprazer.
  14. Baixa tolerância a estados de tensão, frustração, o que faz querer ser saciado no mesmo momento. Irritabilidade.

    Na medida que a doença vai progredindo, o dependente químico pode apresentar muitos outros sintomas e comportamentos defensivos. Veja mecanismos de defesa e saiba mais sobre estes comportamentos. 

Não deixe dever também:

Álcool e drogas – Mecanismos de defesa utilizados pelo dependente químico


Álcool e drogas – Sintomas observados no dependente químico

Categoria: Álcool e drogas

Sintomas

Share